Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

A vida por aqui tem sido uma correria. Não posso queixar-me de monotonia.

É ver casas e mais casas. É colocar as mão na cabeça com os preços astronómicos que pedem. É tentar perceber como é que se tem coragem de pedir preços tão altos quando a casa não vale nem metade. 

Esta situação em que o senhorio nos colocou está a fazer com que não possa saborear a vinda do Miguel como deveria.

Felizmente que amanhã partimos para Marrocos. Embora ele tenha coisa para tratar por lá espero podermos descontrair como merecemos.

...da nova etapa das nossas.

É um misto de emoções. Feliz para voltar a ter uma vida "normal", sem despedidas, sem ausências e sem contar os dias no calendário para estarmos juntos.

Por outro lado ansiosa para ter a certeza que os quase 3 anos que estivemos longe não deixaram vícios e manias incompatíveis.

A cadeira do quarto que permanece sem roupa dele rapidamente vai encher até eu dizer "Miguel não sei como é que a cadeira ainda não se partiu com o peso da roupa". As meias que desapareceram do chão do quarto irão aparecer novamente.

E o sofá que tem sido apenas meu e dos gatos?

Bom...dividi-lo abraçadinha a ele não é nada mau.

 

 

 

A vida é feita de etapas, escolhas e caminhos, certo?

Pois, por aqui uma nova etapa vai começar. O Miguel está de regresso a Portugal no inicio do mês.

As saudades tiveram um peso enorme na decisão.

Dos quase 3 anos o balanço é muito positivo. Parte dos nossos objectivos foram cumpridos.

Da minha parte ficarão memorias fantásticas e aventuras inesquecíveis. Foi uma agradável surpresa descobrir que o país que eu imaginava feio, velho, sujo e pobre e inseguro afinal não o era. Constatei que a ideia que eu tinha é a ideia da grande maioria das pessoas. Raramente a reacção das pessoas quando sabem que ele está em Marrocos não é "credo", ou " Que horror". Estão tão erradas. Não digo que não haja zonas que não sejam inseguras e menos limpas, mas não é uma constante.

Vou ter saudades do transito louco sem regras (não que não existam), do calor, da comida divinal deste restaurante ,das ruas estreitas como se fossem labirintos, das cores das especiarias, dos gatos de rua, dos mercados repletos de cor e das compras especialmente desta loja  

SAM_2595.JPG

10996803_10202653145528422_7280487250265416540_n[1

SAM_2584.JPG

SAM_2741.JPG

SAM_2800.JPG

10892001_10202653138928257_8875739627876123093_n[1

SAM_3175.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cá por caso o dia é de ansiedade, alegria e comemoração.

O Miguel está de viagem a pouca horas daqui, como tal o meu coração está apertadinho à espera que chegue bem.

É dia de comemoração do seu aniversário, ainda que tivesse sido ontem.

À espera dele irá estar este bolo

SAM_4046.JPG

 

O bolo irá estar à espera dele dentro da caixa envolvida com varias camadas de fita cola e com o aviso "Não mexer". Espero que seja suficiente para o impedir de o ver antes da minha chegada.

E porque a vida nem sempre é como queremos apenas o posso abraçar quando acabar o turno.