Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

A diferença horária em Cuba é de menos 5 horas, portanto não era de admirar que estivéssemos todos baralhadinhos.

Nada que uma boa noite de sono não resolva ou não melhore e às 7.30 h já estávamos de pé.

A primeira coisa que fizemos foi molhar os pé no mar. Aquela hora não era de admirar que a agua não estive à temperatura que eu tinha idealizado e lá fui eu para o pequeno almoço a refilar que a agua era fria.

Se vos disser que ao pequeno almoço apesar de ter milhentas coisas para comer apenas como pão com bacon, vão dizer que sou doida. Não apenas 1, não 2, mas sempre acima de 3 pães. Manias!

Já me aconteceu na Tunísia não haver bacon e foi um desgosto enorme.

Apesar da vontade enorme de ir até à praia não o podíamos fazer pois a representante da agencia de viagens tinha marcado às 9,30 h para falar connosco. Falou-nos dos meios transportes disponíveis, dos preços, do que ver na zona e das excursões. Em Portugal já tínhamos marcado a excursão à cidade de Havana  com um guia. Este contacto foi feito no Portal das Viagens e ao fim de 3 emails estava tratado. Portanto disse-mos logo que não valia a pena falar desta viagem. Deu-nos outras opções e os respectivos preços. O Miguel estava inclinado para fazer a excursão a Cayo Blanco, mas achei que seria muito parecido à que tínhamos feito à ilha Saona, na Republica Dominicana e acabou por mudar de ideias. Falou-nos de uma que incluía crocodilos e ai fui eu que disse "nem pensar". Depois de muita hesitação escolhemos o Jep Safari. Tínhamos levado euros e já tínhamos trocado alguns cuc, mas preferimos pagar com o cartão do Millennium. Passou uma vez no multibanco portátil e a mensagem era "anulado, passe novamente", mais uma tentativa e a mesma mensagem. Sabíamos que não era problema de dinheiro e claro estávamos danados com o cartão ou melhor com o banco. Naquela altura achamos que seria um problema do cartão. Experimentei com o da caixa geral de depósitos e deu logo. Quando a senhora contou que tinha tido um cliente que tinha contactado a agencia para informar que tinham descontado 2 vezes uma excursão passou-me pela cabeça que também nos poderia acontecer. Não fosse eu uma rapariga um pouco muito pessimista e algo desconfiada. O Miguel dizia que não era possível, pois a maquina tinha anulado a operação e não tinha saído talão. Realmente era verdade, mas...fica para outro post.

DSCN0112.JPG

DSCN0126.JPG

SAM_2149.JPG

 Vista do quarto