Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Já aqui tinha comentado que tinha tido muitas peripécias enquanto andei de volta da mudança de casa e estava á espera de acabar de contar as coisas boas dos dias que passei junto do Miguel para depois contar as situações que quase me deixaram louca. Pois vou ter de abrir uma excepção e desabafar aqui e agora antes que a probabilidade de elouquecer aumente.

Sou bastante certinha no que se refere à papelada e gosto de tudo tratado e dentro da legalidade, por esse motivo a semana passada fui tratar de alterar a morada do cartão de cidadão. Paguei 15 Euros, pois como ainda tinha o BI antigo que estava a caducar acabei por ter que pagar mais. No caso de ter já cartão de cidadão pagava apenas 3 euros para alterar a morada. Como as despesas com a mudança de casa foram mais que muitas decidi apenas tratar de alterar a morada na carta de condução e nos documentos dos carros apenas no mês que vem. Desembolsar 95 euros agora não estava nos planos. Digo não estava porque vai ter de ser.

Então não é que hoje andei a arrumar a minha carteira, pois ainda tinha o BI antigo, assim como o cartão do medico e o numero que contribuinte, coisa que já não era necessária quando dei por falta da minha carta de condução.

Fiquei gelada com os pelos em pé!

Eu tão atinadinha tenho andado a conduzir sem carta?

E pior não sei desde quando e também não sei o que aconteceu.

Pensei, pensei e apesar da dor de cabeça que se começava a formar achei que poderia estar no registo civil. Não que fosse preciso a carta de condução quando fui fazer o cartão de cidadão, mas poderia tela tirado da carteira e tê-la deixado lá. Telefonei e infelizmente também não estava.

Procurei em toda a casa e nada.

Lembrei-me que poderá haver uma possibilidade ainda que remota que possa aparecer. Recordo-me de quando estive em Marrocos que retirei todos os documentos que não eram necessários e coloquei-os no roupeiro. Apenas andava com o Passaporte. Tenho quase a certeza que no dia que fiz a mala para o regresso coloquei os tais documentos novamente na carteira, mas não me recordo de ver a carta de condução. E o mais estranho é que não me recordo de a ver quando cheguei nem quando me fui embora.

Agora aguardo que o Miguel chegue a casa e vá à procura pela casa. Sei que é quase impossível estar lá, mas ainda me resta uma réstia de esperança.

Uma coisa é certa, não poderei conduzir até aparecer a antiga ou até tratar de uma nova.

Estou aqui uma pilha de nervos, mas não vais ser esta merda que me vai atirar ao tapete!

Portanto Srª Bruxa é melhor ir chatear outra alminha que eu já tive a minha dose.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.