Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Quando li este post  http://stoneartportugal.blogs.sapo.pt/parvoeiras-3-no-multibanco-158592  desta menina Magda L Pais recordei-me de algumas situações um pouco stressante e constrangedoras.

Um dia eu e o maridão fomos levantar dinheiro, ou melhor fomos para ir levantar dinheiro no multibanco. Depois de marcar o código accionamos a tecla dos levantamentos, digitamos 200 euros, uns segundos à espera e sai o cartão. Olhamos um para o outro, olhamos para a maquina à espera que o dinheiro saísse e nada. Depois de esperar algum tempo e sentir os olhares fuzilantes das pessoas que estavam na fila resolvemos  afastarmo-nos e esperar que a pessoa depois de nós utilizasse a maquina.

O fulano fez as operações que quis e no final sai uma carradona de notas. A primeira coisa que nos veio à cabeça foi que parte daquelas notas seriam nossas, afinal o nosso dinheiro não tinha saído e nem nenhuma mensagem no écran. Dirigimo-nos ao fulano e perguntamos se aquela quantia era a que tinha levantado. Azar do caraças, o homem falava alemão. Ele tentava perceber o que falávamos, nós tentávamos fazermo-nos perceber e na fila não havia ninguém que falasse alemão. Já tínhamos explicado às pessoas o que nos tinha acontecido e algumas eram da opinião que aquele dinheiro seria nosso. Felizmente passou uma pessoa que percebia a lingua e lá falou com o fulano a explicar-lhe o nosso receio. No final mostrou o papel do multibanco em que provava que quantia era toda dele.

Mesmo assim só ficámos descansados quando metemos novamente o cartão na maquina para pedir os movimentos e vimos que a quantia dos 200 euros tinha saído e depois tinha entrado novamente na nossa conta.

Outra das situações relacionado com o multibanco foi à relativamente pouco tempo. Fui ao Continente e como precisava de levantar dinheiro para pagar a renda (infelizmente a imobiliária apenas recebe em dinheiro ou cheque) aproveitei e fiz-lo ali. Como a quantia que eu necessitava era superior ao que a maquina permite levantar tive de o fazer por duas vezes. Levantei 200 euros, coloquei novamente o cartão para levantar o restante e enquanto a maquina trabalhava eu contei o dinheiro. Como estava certinho e tinha uma pessoa à espera para utilizar o multibanco achei que não valia a pena contar o resto e fui até ao balcão das informações. Enquanto esperava para ser atendida vem um senhor ter comigo e pergunta-me " a menina (gosto tanto que me chamem menina) levantou dinheiro?"

Fiquei admirada com a pergunta e em espaço de segundos pensei "mas porque raio quer saber se levantei dinheiro?"

-Sim levantei.

-Então estes 40 euros são seus.

Tinham ficado presos na maquina.

Tive sorte de encontrar uma pessoa honesta e tive sorte de não me ir embora e ficar no balcão das informações.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    marrocoseodestino 27.04.2015 13:50

    Aprendi a lição.
    Boa semana
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.