Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

3 Meses separam o ultimo post do de hoje. 

Novidades?

Quase nenhumas.

 continua a chatear-me. Depois de ter sido obrigada a trabalhar apenas aguentei 2 dias. Seguiram-se consultas, medicação forte (para me desgraçar ainda mais o estômago), ecografia e fisioterapia paga à minha conta (3 semanas à espera de nova consulta do seguro não tive outra alternativa para me aguentar a trabalhar). Passei a ser seguida no Porto onde fiz ressonância ao pé. Não é de admirar que passados 5 meses a dor inicial ainda se mantenha. Parece que o pé está todo inflamado.

Quanto ao estômago felizmente não era tão mau como suspeitei. Os sintomas da gastrite cronica estão presentes quase diariamente. Acredito que fruto do stress diário do meu emprego aliado ao esforço físico com que tenho de lidar.

Em relação à casa de banho continua com o buraco e sem vermos fim à vista. Parece que o seguro do canalizador que estraçalhou os tubos não assume o acidente. Tenho tido a maior das paciências, mas 10 meses à espera de resolverem o problema já me parece demais e parece-me que um dia destes vou deixar de ser cordial e compreensiva para ser uma besta.

Portanto parece-me que a única novidade é sobre a semanita em que fui de ferias. Apanhei calor, agua quentinha e algumas algas. A agua azulinha das caraibas? Não existia!

DSCN2122.JPG

DSCN2021.JPG

100_4963.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7 comentários

Comentar post