Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Não sei se partilham a minha ideia, mas acho que nada acontece por acaso e tudo tem uma razão de ser.

É verdade que muitas vezes quando acontecem situações que não estávamos à espera não conseguimos ver imediatamente o porquê e acabamos por ficar nervosos, ansiosos e com vontade de esganar alguém. 

Estou nessa fase, mas com esperança de rapidamente descobrir que o universo não está contra mim e que só me está a ajudar.

Há 2 dias o carteiro trouxe-me um carta registada e na altura que a estava a assinar não fazia ideia de quem era nem do que se tratava. Abria-a, li-a e tornei a lê-la sem acreditar no que estava a ler.

O senhorio escrevia-me a informar que não pretendia renovar o contrato de arrendamento. Um balde de agua fria, confesso.

Telefonei-lhe para saber o porquê e para lhe dizer que tinha achado uma falta de respeito por ter enviado a carta sem um telefonema a avisar a sua intenção. Depois do seu pedido de desculpa e de me ter dado razão pergunta-me quando tinha disponibilidade para ir ao seu escritório para conversarmos. Perguntei-lhe se isso queria dizer que queria negociar o valor da renda. Respondeu-me afirmativamente e falou-me num aumento de 60 euros. 

Tenho consciência que a casa vale esse valor, mas não deixa de ser um aumento tremendo. 

Não estava nos nossos planos sairmos daqui nos próximos anos, mas a vida é uma estada com muitos desvios e aqui estamos nós a tentar encontrar o caminho.

Põe-se as questões:

- Aceitar o que o senhorio quer, não tendo assim despesas com empresa de mudanças e despesas com documentos de alteração de morada?

- Embarcar na aventura da procura, sabendo que não vamos encontrar nenhuma com estas dimensões e que provavelmente teremos de nos desfazer de várias peças de mobiliário?

-Comprar casa passando provavelmente a pagar menos todos os meses, mas ficando com os encargos do IMI, Seguros de vida, seguro multiriscos, Spred, condomínio e todas as despesas com obras que possam aparecer?

Então eu não merecia viver a vinda do Miguel com tranquilidade e romantismo?

Eu sei que sim e por isso é que eu digo se isto aconteceu agora é porque algo de bom está à nossa espera. 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    marrocoseodestino 06.03.2017 22:04

    Ainda estamos a ponderar o que é melhor. Ando louca, Manu
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.