Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Quando vi este bicho à minha frente

DSCN0545.JPG

em espaço de segundos procurei onde me poderia colocar para não ser comida. O muro ainda que baixo era a única hipótese que tinha. Já tinha tido a minha dose de stress não necessitava daquilo. Depois do dono dizer que ele não mordia o pessoal foi apalpar o bicho. Eu? Nem pensar. Se me tinha safado de morrer afogada não queria morrer a servir de comida. O "gajo" ao colo parecia um bebé, mas tinha um bocarra enorme e com uns dentinhos bem visíveis, logo sendo eu uma gaja boa não duvidava que ia ser a preferida para servir de refeição.

Ah, o bicho chama-se António.

SAM_2432.JPG

SAM_2433.JPG

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.