Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Acredito que em todas as instituições de idosos os dias mais cansativos sejam ao fim de semana. A redução de funcionarias nestes dias é enorme.

Num destes fins de semana em que andava a correr feita barata tonta encontro a D. Maria junto ao quarto e diz-me:

-Menina Joana preciso de ajuda para tirar o vestido.

- Tirar o vestido? Mas D. Maria faltam 10 minutos para o jantar.

- Pois faltam, mas tenho de o ir tirar.

-Mas depois de jantar vai-se deitar, qual é o problema de comer com ele?

-Quero e pronto!.

Eu estava stressada, pois tinha insulina para administrar, dar medicação e ajudar a servir o jantar e ali estava eu a aturar um capricho. Sim era um capricho já que a senhora não se costumava sujar. Contrariada acabei por lhe dizer:

- Está  bem D. Maria vou fazer-lhe a vontade, mas vou dizer-lhe que para isso vou ter de tirar uma das colegas que estão a dar comida às pessoas que não conseguem comer sozinhas.

Fui, mas fui danada.

No final já depois da senhora ter trocado de vestido e de ter jantado chama-me e diz-me:

-Oh menina Joana desculpe de à pouco...

-Não há nada para desculpar, mas continuo a não perceber porque o tinha de tirar a tão pouco tempo de se deitar.

-Era para não o sujar, embora seja para lavar.

-O quê? É para lavar? A senhora fez-me arranjar alguém para lho tirar porque não o queria sujar e agora diz-me que é para lavar? 

- Não se enerve, menina.

Ela queria que eu não me enervasse? Digam-me como era possível?

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.