Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Com o aniversario da filhota a aproximar-se o Miguel resolveu comprar um perfume, para depois manda-lo para Portugal.

Para sorte dele a funcionaria da perfumaria falava um pouco de espanhol.  Apesar de já ir com a ideia do qual comprar ela apresentou-lhe outras opções, mas como não os conhecia disse-lhe que gostava de sentir o aroma.

Seria de esperar que fosse buscar as tiras que conhecemos, para as borrifar com os perfumes, mas em vez de o fazer agarrou-lhe o braço e borrifou-o com alguns deles. A situação era era engraçada, mas o objectivo que era escolher o perfume e isso estava a ser difícil, tal era a quantidade de cheiros que pairavam em todo o braço. Apontou-lhe para o braço e disse-lhe que assim era impossivel decidir, ela com com um sorriso diz-lhe  " problemas?".

Ora pois claro que iria ter problemas se me chegasse a casa a cheirar a perfume de mulher. Sorte a dele estarmos a muitos quilometros de distância.

Não tinha tiras de cartolina, mas arranjou um monte de lenços de papel. E assim foi feita a escolha.

A nossa admiração acerca desta situação caricata foi por ser numa verdadeira perfumaria e não numa loja qualquer.

Ah, chegou a casa e teve de tomar um banho tal era a quantidades de cheiros.  

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.