Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Tenho esperança de quem seguia o meu último blog venha a encontrar este. Ficaria muito feliz, mas vou deixar que o destino se encarregue disso.

A partida repentina do Miguel para Marrocos fez com que as nossas vidas sofressem muitas alterações. Digo repentina porque menos de 2 meses de chegar a proposta inesperada ele lá estava. Aqui em Portugal fiquei eu e a filhota Rita.

Felizmente a decisão de ir não se prendeu por não ter trabalho, mas um pouco pelo espirito aventureiro e o nosso gosto por conhecer novas culturas, novos países, novos sabores (eu nem tanto, que sou esquisita) e tentar que nosso futuro seja um pouco mais descansado. Claro que ninguém sabe qual vai ser o seu futuro, mas olhando o estado em que está o nosso país temos receio do futuro ser um pouco "negro" (o que não quer dizer que ali também não o possa acontecer). Resolvemos arriscar e como disse aos meus pais, quando me questionaram sobre deixar a estabilidade profissional do Miguel (se ainda existe estabilidade profissional!) e ir começar de novo noutro país "Se não der certo, regressa e começasse de novo e assim não andamos a vida toda a pensar como seria se tivesse ido".

Confesso que achei que seria mais fácil do que está a ser. As saudades são muitas, as rotinas mudaram e por incrível que pareça as peripécias depois da partida dele são mais que muitas e a "je" aqui sozinha para as aguentar e para as enfrentar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.