Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

...andar à procura de exercícios para emagrecer. Eu que durante anos, muitos anos quis engordar e nem uma gramita a mais a balança marcava dou por mim a pensar que tenho de comer menos, que tenho de ter cuidado com o que como e pior que isso, pensar que tenho de ir para o ginásio. Digo pior porque ginastica e coisas do género nunca foi algo que me apeteceu fazer. Aliás canso só de pensar nisso.

A minha barriga não apareceu do nada e não a notei apenas agora, mas tenho evitado olhar para ela com olhos de ver. É quase como nós mães quando sabemos que os nossos filhos são isto ou aquilo, ou têm este ou aquele comportamento e não queremos ver e muitas vezes até os defendemos. Pois aqui a "Je" até ontem estava a fazer o mesmo em relação ao aumento da pança. Negava que estava maior e quando a olhava não a via assim tão mal.

Ontem tinha vestida um t-shirt que a evidenciava e fiquei preocupada. É certo que ainda não é nenhum exagero, mas ao ritmo a que passei a pensar em comida e a comer acredito que a coisa vá piorar rapidamente. Um outro factor a não esquecer é que o inicio da menopausa poderá estar próximo.

Ontem já dei um passinho para a diminuir e olhem que me custou muito. A fatia do bolo de morango com chantili que deixei de comer está-me atravessada na goela, mas resisti e continua no frigorifico.

Enquanto não me decido a ir ao ginásio, vou procurando na Net exercícios específicos para perder a barriga. Já estou cansada só de olhar.

Oh ceus!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

21 comentários

Comentar post