Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Marrocos e o destino

A ida do maridão para Marrocos trouxe muitos imprevistos, peripécias, aventura e muitas saudades. É aqui que irei tentar "expulsar" os medos, as tristezas, as alegrias e as saudades.

Emocionalmente não ando bem e ontem, no trabalho notou-se. Felizmente não fiz nenhum erro, mas as lágrimas saiam com facilidade e tentava evitar a todo o custo que não as vissem. Foi uma tarde desgastante e estava ansiosa para ir até casa.

Depois do turno lá fui eu e ao chegar ao prédio decidi que iria deixar o carro fora da garagem, uma vez que no dia seguinte ia sair cedo. Enfio a chave na fechadura da porta do prédio e nada de a conseguir abrir, tento varias vezes, olho para as varias chaves no porta chaves e confirmo visualmente que era aquela. No dia seguinte iria falar com algum morador para saber se tinham o mesmo problema. A única hipótese que me restava era colocar o carro na garagem e subir de elevador. Para compor o dia ao colocar o carro dentro da minha garagem consigo colocar-lhe um visual novo. Nada de especial, apenas vários riscos na parte lateral do carro. Acredito bem que a culpa não tenha sido minha, mas sim da garagem, que certamente encolheu.

Estas peripécias deixaram-me enervada, mas no momento que vi o meu Miguel no écran do PC e falei com ele tudo passou.

Quanto às chaves, hoje descobri que afinal tinha colocado a chave errada na fechadura. Eu e as chaves não nos damos muito bem  http://marrocoseodestino.blogs.sapo.pt/peripecias-alem-fronteiras-5383

19 comentários

Comentar post